REUNIÃO DO CONSELHO PASTORAL DA DIOCESE DE JUÍNA ABORDA DESAFIOS E ESTRATÉGIAS DE EVANGELIZAÇÃO

Notícias da Diocese

03.06.2024 - 10:14:00 | 4 minutos de leitura

REUNIÃO DO CONSELHO PASTORAL DA DIOCESE DE JUÍNA ABORDA DESAFIOS E ESTRATÉGIAS DE EVANGELIZAÇÃO

Abertura com Reflexão e Comunhão

 

No sábado, 1º de junho de 2024, a Casa de Retiros de Juína, no Bairro Módulo 4, sediou a Reunião do Conselho Pastoral da Diocese de Juína. O encontro começou às sete horas da manhã com um café da manhã, seguido pela Oração das Laudes, coordenada pelo Diácono Paulo Alves. Em seguida, o Padre Ítalo fez uma reflexão inspiradora, enfatizando a necessidade da Igreja ser como Maria, desposada com o Espírito Santo, promovendo a comunhão, caridade e oração. "Nossa alma precisa ser desposada com o Espírito Santo," destacou Padre Ítalo.

 

Reflexões em Grupo: Encantos e Preocupações na Igreja

 

Foto: Renan Dantas

 

Participaram representantes das paróquias São José Operário de Brasnorte, Santo Agostinho, Sagrado Coração de Jesus, Santo Antônio, Sagrada Família, São Pedro Apóstolo, Nossa Senhora Aparecida, São Francisco de Assis, São Rafael, São Sebastião, Santíssima Trindade e Senhor Bom Jesus. Neste momento, pediram aos participantes para que fizessem grupos pequenos e foi feita a seguinte pergunta: "O que mais encanta na igreja? O que mais preocupa?"

 

Foto: Renan Dantas

 

Encantos:

- União e solidariedade
- Tradição e perseverança
- Eucaristia e espiritualidade
- Inclusão e diversidade na comunidade

 

Foto: Renan Dantas

 

Preocupações:

- Atração dos jovens pelo mundo secular
- Falta de comprometimento e liderança nas pastorais
- Necessidade de maior proximidade com os pobres
- Falta de acolhimento e preparação litúrgica

 

Comprometimento e Ação

 

O Padre Raimundo destacou a falta de compromisso e responsabilidade nas pastorais, enquanto Leonardo, um dos participantes, enfatizou a necessidade de ver os jovens como protagonistas do presente, não apenas do futuro. Dom Neri José Tondello reforçou a importância da evangelização nas comunidades, especialmente nas regiões periféricas, e propôs a retomada do objetivo geral da Igreja: evangelizar em um Brasil cada vez mais urbano, focando na formação de discípulos e no cuidado da natureza.

 

Decisões e Propostas

 

Após o almoço, os grupos apresentaram suas sugestões de alterações no regimento do Conselho Pastoral. Entre as decisões tomadas, destacam-se:

 

- Fortalecimento da Pastoral Litúrgica
- Formação continuada nas paróquias
- Acolhida e formação da juventude
- Integração dos povos indígenas no Conselho Pastoral Diocesano
- Ampliação das ações da Caritas

 

 “Uma igreja pobre e para os pobres” 

 

Foto: Renan Dantas

 

Durante o encontro, Dom Neri trouxe à tona uma questão urgente: os conflitos agrários e suas consequências na região. Ele destacou: "Uma das grandes problemáticas que grita muito em nossa região são os problemas relacionados às questões agrárias, conflitos agrários, e vários assentamentos estão sendo atingidos por liminares de reintegraçãso de posse ou ações de despejos, e isso está alvoroçando as pessoas. Está trazendo muito sofrimento, muita insegurança e muito medo." 

 

Essa situação delicada, trazida por Dom Neri José durante o encontro do Conselho de Pastoral, ressalta a importância da Igreja estar atenta às necessidades da comunidade e agir em solidariedade, comunhão, sinodalidade e em comunicação para enfrentar os desafios diários dessa igreja “pobre e para os pobres”. 


Dom Neri José acrescentou um alerta para os participantes dizendo que "Os pobres não estão na igreja. A igreja precisa ir aos pobres, porque uma igreja que não tem os pobres é uma miserável e pobre igreja."

 

Encerramento

 

Foto: Renan Dantas

 

A reunião foi encerrada com a aprovação da provisão diocesana para os membros do Conselho Pastoral e uma reflexão de Dom Neri sobre a importância de continuar a caminhar com esperança, cuidando especialmente dos idosos e crianças da comunidade. "Não podemos deixar ser roubado nossa esperança," disse Dom Neri, destacando a necessidade de ações concretas e contínuas para atender às demandas da comunidade e fortalecer a fé.

 

Fotos: Renan Dantas

Fotos: Renan Dantas

Fotos: Renan Dantas

O encontro encerrou com a Santa Missa presidida pelo Bispo Diocesano, Dom Neri José Tondello. Na sua homilia, ele falou sobre a importância da comunidade e do fortalecimento das pastorais. "As pastorais também são a esperança da Igreja, coloquemo-nos ao serviço do amor," ressaltou Dom Neri, destacando que o compromisso e a dedicação são essenciais para a continuidade da missão evangelizadora.

 

 

Fonte Renan Dantas - Diocese de Juína
Imagem Renan Dantas
Mais em Notícias da Diocese
 
 
Copyright © 2024 - Diocese de Juína.
Todos os direitos reservados, navegando no site você está de acordo com os termos de uso e a nossa política de privacidade.
Desenvolvido com por Desenvolvido com amor Agência Arcanjo